sexta-feira, 20 de março de 2015

Trabalhos de Tania Alves no Teatro: "Lampião no Inferno" (1975)


Em 8 de janeiro de 1975, o diretor Luiz Mendonça (1931 - 1995), criador do Grupo Chegança, estreia, no antigo Teatro Miguel Lemos (atual Brigitte Blair), no Rio de Janeiro, o espetáculo "Lampião no Inferno", de Jairo Lima, baseada em quatro folhetos de cordel.

No elenco, Joel Barcelos, Tania Alves, Tonico Pereira,  Imara Reis, Elba Ramalho, Luiz Braga, Helio Guerra, Alexandre Marques, além do lendário Madame Satã (1900-76), outrora famoso malandro da Lapa, interpretando o Satanás; além do próprio Mendonça, que interpretava Padre Cícero.

Tania Alves interpretava a filha de Satanás, uma diabinha chamada Trepadeira. É sua personagem quem recebe no inferno o Lampião, interpretado pelo ator Joel Barcellos.

Um dos destaques da montagem era o naipe de compositores e arranjadores do espetáculo: Geraldo Azevedo (diretor musical), Alceu Valença, Carlos Fernando, Pedro Osmar e Vital Farias, além de Kátia França. Vital Farias, por exemplo, compôs para a trilha da peça a canção "Veja (Margarida)", que anos depois seria gravada por Elba Ramalho com bastante sucesso.

"Lampião no Inferno" estreou onde fez temporada até março daquele ano. Depois o espetáculo foi lançado em São Paulo, no Teatro Aplicado (atual Bibi Ferreira), com Walter Breda no papel de Lampião e Luiz Mendonça e Wilson Maux como Satanás. Em junho, a peça voltou para o Rio, onde fez temporada popular no Teatro João Caetano. Tania Alves e Elba Ramalho permaneceram no elenco.  

O espetáculo deu continuidade ao trabalho de Mendonça na busca de um musical brasileiro, usando as raízes culturais e folclóricas. 


Veja mais algumas fotos de "Lampião no Inferno":












Pesquisa: Blog Tania Alves (As Cantrizes).


Nenhum comentário:

Postar um comentário